sexta-feira, 31 de maio de 2024

FELIZ ANIVERSÁRIO SUB GONZAGA

 


 


TM 2 BPM JUIZ DE FORA, PM CARAÍ, MAMB VARGINHA, PRV TEÓFILO OTONI,  PM LAGOA DA PRATA, Conceição do Mato dentro. Passos, Itambé de Minas,  Piumhi


Em Atualização

É com enorme pesar que comunico o falecimento do pai do Sargento Veterano do Batalhão ROTAM Wander Aparecido da Silva. Que Deus conforte familiares e amigos.

 


SERVIÇÃO ou vibração? ocorrência de iniciativa TM do 2• BPM apreendeu 40 barras de maconha.

 SERVIÇÃO ou vibração?



ocorrência de iniciativa 


TM do 2• BPM apreendeu 40 barras de maconha.

inúmeras denúncias recebidas de policiais militares

sargentorodriguesoficial

 A Comissão de Segurança Pública vai ouvir o Comandante-geral da PM sobre as inúmeras denúncias recebidas de policiais militares, no âmbito do CPRv, do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária, do Comando de Policiamento Especializado, do 13º Batalhão da Polícia Militar, da 6ª e 13ª Região da Polícia Militar, que têm editado memorandos do Programa de Incentivo à Produtividade (PIP). Em outro requerimento, já havíamos tratado do mesmo tema relacionado ao 31º BPM.


De forma absurda, o PIP traz, entre seus critérios de avaliação, o número de veículos multados, e em troca, os policiais recebem premiações como notas meritórias e dias de folga, o que tem levado ao aumento do número de infrações aplicadas, prejudicando o cidadão. Como se não bastasse, o comando exige que os dados de produtividade sejam enviados em 24 horas, por meio do aparelho celular particular do militar, caracterizando enriquecimento ilícito do poder público. Ameaças de transferências e avaliações negativas de desempenho também estão ocorrendo para pressionar a produção da tropa. Essas atitudes configuram uma grave violação das leis e da Constituição da República de 1988, com base no art. 100, inciso VII, motivo pelo qual o comandante será convocado a prestar os devidos esclarecimentos.

Revisão do Reajuste para Servidores da Segurança Pública em Minas Gerais

 Revisão do Reajuste para Servidores da Segurança Pública em Minas Gerais 


 * 2020: Projeto original do GOVERNADOR propôs reajuste de 41,7% para servidores da segurança pública, escalonado até 2022.

 * Emenda: Deputada Beatriz Cerqueira (PT) propôs incluir outras categorias, gerando protestos de servidores da saúde e educação.

 * Vetos: Governador Zema vetou 2 parcelas do reajuste, concedendo apenas 13%.

 * Consequências:  vice-governador Paulo Brant saiu do Partido Novo e secretário do governo Bilac Pinto pediu pra sair.

 * Situação atual: Em 2024, MG ainda não pagou as parcelas restantes.

Pontos de destaque:

 * Disputas entre categorias: A proposta de reajuste gerou conflitos entre servidores da segurança pública, saúde e educação.

 * Impacto político: Os vetos de Zema causaram instabilidade no governo, com no alto escalão.

 * Situação pendente: Apesar das promessas, o governo de Minas Gerais ainda não cumpriu o reajuste integral para a segurança pública.( nem vai).


Proposta 2024: 3,62%, abaixo da inflação. 



Perdas acumuladas: quase 42%


Oportunidade de uma acolhida na terra natal dele Está publicado na Veja desta semana

 



TRISTEZA* *Homem que morreu carbonizado em incêndio em apartamento de BH era policial militar reformado* Vítima serviu no 48º Batalhão da Polícia Militar de Minas Gerais


PM é encontrado carbonizado após incêndio em apartamento no centro de BH

A perícia da Polícia Civil foi acionada e as chamas foram controladas; policial militar reformado tinha 48 anos

quinta-feira, 30 de maio de 2024

Publiquei, porque foram gente boa

 



CEL Wemerson Pimenta 7 RPM

CEL Zancanela 4 RPM



 


 


PMS DE ARAGUARI SÃO PRESOS POR ENVOLVIMENTO COM TRÁFICO DE DROGAS, ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA E CORRUPÇÃO


Na manhã desta quarta-feira (29), dois policiais militares foram presos em Araguari durante a operação "Terminus". Além das prisões, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão na cidade.


As investigações revelaram que os policiais estavam envolvidos em tráfico de drogas, participação em uma organização criminosa, corrupção e outros crimes.


A operação foi conduzida pela Polícia Militar (PM) em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). O objetivo é investigar e reprimir a atuação criminosa de membros das forças de segurança pública em Minas Gerais.


A Justiça Militar do Estado de Minas Gerais determinou a prisão dos suspeitos, indicando a gravidade das acusações e a necessidade de ação imediata.


Denominada "Terminus", a operação faz referência à mitologia romana, simbolizando a necessidade de controle e ordem, valores essenciais no serviço público, especialmente no setor de segurança pública.

ESTRATÉGIA PARA OS PRÓXIMOS DIAS

 *ESTRATÉGIA PARA OS PRÓXIMOS DIAS*



Conforme destacado na imprensa, a pressão tem surtido efeito sobre o Governo Zema. Os Deputados ontem tiveram q abandonar a votação para não amargarem a oposição conseguir emplacar as emendas que melhoram a situação dos servidores. 


Os próximos dias q antecedem a votação em Plenário serão cruciais para que o Governo tome sua decisão e o reflexo será sobre nossos salários e qualidade de vida de nossa família. Não tire o alimento da boca dos seus filhos em troca de aplausos de pessoas que ganham bem mais que você e tem alimento em abundância em suas mesas para a família. 


* *Polícia Militar:* produtividade zero!!! Evitem qualquer tipo de ocorrência, rastreamento com efetividade, verificação de denúncias, ocorrências de trânsito, etc. Deixem os números falarem por si mesmo e o Governo perceber o engajamento de toda tropa em todo Estado. Não faça nada para mais!!! Se seu superior tentar te oprimir ou te ameaçar, devolva a gentileza noticiando a Ouvidoria Geral do Estado e também ao Deputado Sgt Rodrigues. Pode ser feito anonimamente.


* *Polícia Civil:* Quaisquer tipo de ocorrências que chegarem nos plantões, atendam e analisem com bastante calma. Ocorrências de crimes violentos que estejam sendo mascaradas, não receba sem antes mudarem a natureza!!! Os Policiais Militares aguardarão o tempo que for necessário e sabem que estamos fazendo isso pelo bem comum. 


* *Polícia Penal:* É hora de mostrar o mesmo engajamento das manifestações. Sem segurança, sem banho de sol ou visita. Efetivo baixo não traz segurança. Dica: Que tal um atestado de muitos policiais ao mesmo tempo exatamente no dia das visitas? Não deixem os Diretores te obrigarem a colocar sua segurança em risco por causa de um valor que recebe a mais pela função. Se o Diretor fizer algo fora do previsto, envie a denúncia para a Ouvidoria Geral do Estado. 


Vamos mostrar o engajamento de toda Segurança Pública nesse momento crucial!!!



*Quer fazer uma denúncia, reclamação ou sugestão?* Entre em contato com a Ouvidoria-Geral do Estado pelo telefone 162 ou no site ouvidoriageral.mg.gov.br.

Esses caras acham que somos IDIOTAS. MELHORAR DE 3,6 para 4,62%? Oras se a reposição das perdas é direito constitucional o que vier abaixo de 10,87 é a CONSAGRACAO DE REDUÇÃO DOS SALARIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA. Ninguém está falando que a Educação teve no ano passado 12,54% retroativo a Janeiro de 2023. Oras quem está no prejuízo é a,SEGURANÇA PÚBLICA. Qual a razão de ter apenas a inflação de 2023?


 O medo da derrota levou o governo Zema (Novo) a manobras de plenário e ao rolo compressor da maioria aliada para garantir a vitória parcial numa votação de dois turnos. É importante avaliar como foi a primeira batalha antes do enfrentamento final. Diante do clima tenso, o governo retirou os deputados aliados do plenário na hora de votar as emendas da oposição. Além de desrespeitar o processo legislativo, a medida irritou os servidores e engrossou o protesto deles.Haverá a segunda e última votação na próxima semana. Até lá, o governo vai monitorar a pressão e a temperatura da reação dos servidores, especialmente os da segurança pública. Policiais estarão de plantão até lá, fazendo manifestações, especialmente no interior para onde vão os deputados neste feriadão.


 Haverá a segunda e última votação na próxima semana. Até lá, o governo vai monitorar a pressão e a temperatura da reação dos servidores, especialmente os da segurança pública. Policiais estarão de plantão até lá, fazendo manifestações, especialmente no interior para onde vão os deputados neste feriadão.Tudo somado, se houver votação, o governo não tem controle sobre o resultado. Pode ser surpreendido com a aprovação de um índice de reposição maior do que os magros 3,62% que está concedendo a todos os servidores, percentual abaixo da inflação. Quem não negocia se expõe aos riscos de um bate-chapa no plenário.Até a próxima votação, os bombeiros de plantão vão tentar convencer o governador a ceder e a conceder mais do que a reposição de 3,62% e dar, pelo menos, a inflação de 4,62%. Na terça, o presidente da Assembleia, Tadeu Leite, levou alerta à cúpula do governo de que a situação política está muito ruim, desgastada e de muita pressão sobre os deputados.Outro alerta levado por Tadeuzinho foi sobre os projetos que mexem na previdência dos servidores civis e militares. Diante disso, o governo optou por retirar estrategicamente os projetos da pauta para não azedar ainda mais o clima da votação da reposição salarial.Depois que for encerrada a votação da reposição, o governo voltará com as duas propostas ao plenário da Assembleia, apostando em outro cenário. @estadodeminas


Duda Jorginha



Desde o dia em que você chegou ao mundo, você se tornou a minha maior alegria e companheira inseparável. Você é a luz que ilumina meus dias e o amor que me faz sorrir.

Tenho tanto orgulho da menina incrível que você se tornou. Você é inteligente, carinhosa, corajosa e sempre me faz rir. Sou muito grata por tê-la como minha filha.

Neste dia especial, desejo a você um aniversário cheio de alegria, saúde e realizações. Que todos os seus sonhos se tornem realidade e que você continue brilhando sempre.

Te amo muito, minha filha!



quarta-feira, 29 de maio de 2024

Receita de MG sobe R$ 5 bilhões, mas servidores seguem sem aumento real

 




Receita de MG sobe R$ 5 bilhões, mas servidores seguem sem aumento real


Aumento da arrecadação foi publicado nesta quarta-feira, mesmo dia em que o reajuste abaixo da inflação foi aprovado pela base de Zema 


Reajuste abaixo da inflação foi proposto pelo governador Romeu Zema (Novo)


crédito: TULIO SANTOS/EM/D.A.PRESS


O Relatório de Gestão Fiscal (RGF), publicado nesta quarta-feira (29/5) no Diário Oficial de Minas Gerais, aponta um crescimento de R$ 5 bilhões na Receita Corrente Líquida (RCL) do estado no 1º quadrimestre de 2024, na comparação com o mesmo período do ano passado.

A divulgação foi feita horas antes da Assembleia Legislativa (ALMG) aprovar um reajuste abaixo da inflação aos servidores públicos de Minas Gerais, de 3,62%, proposto pelo governador Romeu Zema (Novo).Há plenas condições de conceder inflação de 2022 e 2023. A retórica do governo mineiro não tem aderência com a realidade das contas do estado”, ponderou o auditor fiscal da Receita Estadual e vice-presidente do Sindicato dos Servidores da Tributação, Fiscalização e Arrecadação do Estado de Minas Gerais (Sinfazfisco-MG), João Batista Soares.De acordo com o auditor, a previsão conservadora é de que a RCL cresça mais de 10% em 2024, passando dos R$ 9 bilhões. “O impacto bruto na folha, caso o estado dê a inflação de 2022 e 2023, seria abaixo dos R$ 5 bilhões, portanto, bem aquém dos R$ 9 bilhões previstos conservadoramente”, ressaltou. Ainda segundo Soares, o governo estadual não atualizou as receitas totais desde abril, faltando incluir, por exemplo, o Fundo de Participação do Estado (FPE), bem como outros repasses do governo federal.Servidores frustrados

A sessão de votação estava marcada para às 10h e demorou cerca de quarenta minutos para começar. Parlamentares usaram quase uma hora para encaminhar os votos favoráveis às emendas destacadas. Só às 12h que o texto principal foi votado e, em seguida, a falta de quórum motivou o fim da reunião. Toda a movimentação foi acompanhada por olhos atentos de servidores que lotaram a galeria do plenário e o espaço @estadodeminas  


Nos dias 30 e 31 de maio, quinta e sexta-feira, não haverá expediente nas repartições públicas estaduais, em razão do ponto facultativo, decretado pelo Governo de Minas.

 Nos dias 30 e 31 de maio, quinta e sexta-feira, não haverá expediente nas repartições públicas estaduais, em razão do ponto facultativo, decretado pelo Governo de Minas.


No Instituto de Previdência dos Servidores Militares de Minas Gerais, a Central de Atendimento funcionará normalmente. Os demais atendimentos serão retomados na segunda-feira, dia 03/06.


Além do Hospital Militar e da extensa rede credenciada na capital e no interior, o IPSM possui o serviço de telemedicina, Saúde Online IPSM, que funciona 24h por dia, em todo o país. O acesso ao Saúde Online IPSM deve ser realizado através do site www.ipsm.saude24h.com.br ou aplicativo, ou ligando para 0800 333 4429. Em todos os canais, você será orientado para o seu atendimento.


Bom descanso para todos!


#corpuschristi #ipsm #pmmg #cbmmg #saude #bombeirosmg #assistencia #previdencia

 


👎Dep Nayara Rocha = esposa de PM.
👎Delegado Cristiano PCMG
👎Dep Lud Falcão =  filha de PM, agora a mãe é pensionista do ipsm.
👎Dep Bin da Ambulância = filho de BM veterano
👎Pode ver aí, quem votou contra ou faltou a votação, são oriundos do funcionalismo público do Executivo( educação,saúde,  segurança pública) ou tem parentes na segurança pública🤡. São um bando de traidores, que devem ser lembrados em 2026. E são os mesmos que votaram favoráveis aos 300% de aumento do zema e secretários. Como as pessoas se vendem.🙄😢 Pqp. #blogdarenata #renatapimenta

Remuneração liquida melhor que de um soldado

 


comave.pmmg

 Vaga para Controlador Técnico de Manutenção no Comando de Aviação do Estado/PMMG e Gabinete Militar do Governador.


Remuneração Básica - R$ 4,254,69

Auxilio Alimentação - cerca de R$ 1.500,00 por mês (varia com a quantidade de dias úteis do mês, cerca de 75 reais por dia trabalhado)

Líquido após descontos: Cerca deR$ 5.000,00

Regime: Cargo Comissionado

Carga Horária: 30 horas semanais (Seg a Sex, 6 horas diárias).

Local de Trabalho: Aeroporto da Pampulha, Belo Horizonte/MG


Requisitos: Experiência em Controle Técnico de Manutenção, desejável (mas não obrigatório) experiência em asas fixas e/ou rotativas, modelos Airbus, King Air, Cessna.


Interessados Enviar currículo para:


+55 34 9691-8634 (Tenente Paulo)

manutencaocorpaer@gmail.com

 


 




FUNCIONALISMO


Projeto que aumenta salário dos servidores em 3,62% é aprovado em primeiro turno na ALMG


Por outro lado, emendas que poderiam elevar o valor do reajuste não foram aprovadas por falta de quórum


Por Mariana Cavalcanti

Publicado em 29 de maio de 2024 | 12:08





Projeto de lei foi aprovado em reunião extraordinária, nesta quarta-feira (29)



Clique e participe do nosso canal no WhatsApp


Ouça a matériaA-normalA+


Por 54 votos a favor e nenhum contra, deputados estaduais aprovam, em primeiro turno, o projeto de lei que concede reajuste de 3,62% a servidores públicos do Estado de Minas Gerais. 


No entanto, apesar do resultado, o projeto ainda não pode seguir para apreciação em segundo turno. Isso porque, logo após votação do projeto, boa parte dos parlamentares deixou o plenário, o que impediu a formação de quórum para análise de emendas que propõem o aumento do percentual ofertado ao funcionalismo.


 


Esta matéria está em atualização.


 itatiaiaoficial


 



🚨URGENTE! O homem acusado de matar o sargento da Polícia Militar Roger Dias que publicou um vídeo nas redes sociais de dentro do presídio ouvindo um pagode e fumando um cigarro, será transferido de Contagem, na Grande BH, para Francisco Sá, no Norte de Minas. Welbert Souza Fagundes, de 25 anos, foi incluído no Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) e está sendo levado para a Penitenciária de Segurança Máxima.


A decisão é do juiz da Vara de Execuções Penais de Contagem, Wagner Cavalieri, que ponderou a má conduta e indisciplina de Welbert que gera riscos para a ordem da Penitenciária Nelson Hungria, onde Welbert estava preso. Em sua decisão, o juíz analisou os incidentes envolvendo Welbert nos últimos meses como a vez que ele se automutilou, quando botou fogo em um colchão e quando postou um vídeo em sua conta no Instagram.


Wagner avaliou a conduta de Welbert como “dissimulada” e “manipuladora”. Na decisão, o juíz cita, por exemplo, uma audiência onde ele entrou mancando para simular dor, mas depois da audiência foi flagrado por policiais penais andando normalmente.


O juíz cita também as denúncias de maus tratos e torturas, mas que no vídeo postado no Instagram Welbert apareceu como uma conduta incompatível com a alguém de que está sofrendo ameaças e maus tratos. O juíz analisou que Welbert foi audacioso, debochado e indisciplinado. Welber deve ficar pelo menos dois anos no RDD, com cela solitária e banho de sol individual por apenas duas horas por dia.


A emenda 8 autoriza o Governo a incorporar um abono, que já paga, no texto da Lei. A emenda 57 autoriza o Poder Executivo a conceder 10,67% de recomposição das perdas inflacionárias aos servidores da segurança pública, referente aos anos de 2022 e 2023

 

sargentorodriguesoficial
 

Faço um apelo aos deputados e deputadas para que votem favoravelmente pelas emendas 8 e 57, de minha autoria, ao PL 2309/24, PL das migalhas.

A emenda 8 autoriza o Governo a incorporar um abono, que já paga, no texto da Lei. A emenda 57 autoriza o Poder Executivo a conceder 10,67% de recomposição das perdas inflacionárias aos servidores da segurança pública, referente aos anos de 2022 e 2023.

Não aceitaremos migalhas!!!

Zeminha não compareceu a inauguração do ctpm Pouso Alegre. Medo?

 


SERVIÇÃO? #SQN

 


======== 🦅🚔🦅 ========

*35ª Cia / 285ª Cia TM / 21° BPM / 4ª RPM* 

======== 🦅🚔🦅 ======== 


*NATUREZA*: *Trafico de drogas*


*LOCAL* Pirauba, MG.


*DATA:*

*28/05/2024*


Reds 2024-024334499-001 


-‐-------


Reds: 2024-024352748-001

4 PEL / 81 CIA / 20 BPM / 17 RPM - Monte Sião 



------

Poços de Caldas 


Reds 2024-024314600-001




P2 saindo pras ruas em Poços de Caldas e mandando ocorrência pro tatico e gepmor.



5 Cia PMRV Poços de Caldas 


2024-024266600-001


-----

REDs de iniciativa em Pirapora

2024-024165681-001

2024-024120295-001




Em meio a negociação do reajuste dos servidores, Zema se encontra com presidente da Assembleia para 'manutenção do diálogo'*

 *GOVERNO DE MINAS*


*Em meio a negociação do reajuste dos servidores, Zema se encontra com presidente da Assembleia para 'manutenção do diálogo'*


Segundo o governo de Minas, o encontro, que acontece um dia antes da votação em 1º turno do reajuste de 3,62% enviado pelo governador, seria para "manutenção do diálogo e da parceria"


https://www.otempo.com.br/politica/2024/5/28/em-meio-a-negociacao-do-reajuste-dos-servidores--zema-se-encontr

 





O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), comemorou a decisão do Congresso Nacional que, nesta terça-feira (28) derrubou o veto parcial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao projeto que colocava fim nas chamadas “saidinhas temporárias”.


“A justiça prevaleceu sobre a impunidade, colocando fim a essa lei ultrapassada que permitia as ‘saidinhas’ de presos”, afirmou Zema em uma publicação compartilhada em suas redes sociais.O governador mineiro ainda lembrou o policial militar Roger Dias, que batizou o projeto de lei aprovado pelo Congresso Nacional que impunha novas regras sobre as permissões para saída de detentos em feriados e datas comemorativas.


“Em memória do Sargento Dias, nós mineiros agradecemos aos deputados e senadores que votaram para derrubar o veto do Presidente da República”, disse Zema.O Congresso Nacional derrubou por 314 votos contra 136, na Câmara dos Deputados, e 52 a 11, no Senado, o veto parcial assinado por Lula.


A lei sobre o fim da “saidinha” foi aprovada pelo Congresso no início do ano. O Planalto acatou a proposta, mas vetou o dispositivo que proibia as visitas dos presos às famílias em datas comemorativas como Natal e Dia das Mães. Lula argumentou que a proibição era inconstitucional por ferir a família e o dever do Estado de protegê-la.Lucas Pavanelli


Vibradores e puxa-sacos


 Puxa-saco e vibradores de hoje

29 de Maio de 2024


Mande aí com provas


*Histórico do reds

*número do REDS

*Print com data



* não postaremos denúncias aleatórias e sem provas.

* as vezes o polícia parece tá vibrando, mas tá só cumprindo escala.



Zap 31 986497098 


terça-feira, 28 de maio de 2024

Detentos do Ceresp Betim colocam fogo em colchões Sejusp informou que o ocorrido não se tratou de motim e que não houve feridos Por Vitor Fórneas Publicado em 28 de maio de 2024 | 21:49

 Detentos do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, colocaram fogo em pedaços de colchões na tarde desta terça-feira (28 de abril). A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) informou que o ocorrido não se tratou de motim e que não houve feridos.Em nota, a pasta ressaltou que os policiais penais agiram imediatamente assim que os detentos lançaram os pedaços de colchões em chamas em uma das alas da unidade. O fogo foi controlado pelos agentes.


"A direção do Ceresp Betim instaurou um procedimento interno para apurar as responsabilidades, motivações e possíveis danos ao patrimônio. A unidade segue sua rotina", afirmou em um dos trechos do posicionamento. No comunicado, a Sejusp ressaltou que os envolvidos poderão sofrer sanções administrativas ao final das investigações.  


O episódio ocorrido no Ceresp Betim tratou-se, segundo a Sejusp, de "subversão da ordem". "Situação na qual o controle da unidade não é perdido pelos policiais penais e os eventos são controlados de forma rápida".

O motim se configura, conforme esclarecido pela pasta, "quando a situação sai do controle e os presos saem da cela e tomam o pátio". "A rebelião acontece quando, além do exposto anteriormente, há reféns, pessoas feridas e confronto com os policiais penais ou forças de segurança", concluiu.


*SEGURANÇA PÚBLICA* *Em nova derrota para Lula, Congresso derruba veto da ‘saidinha’ de presos* Presidente tinha sancionado a maior parte do projeto, mas vetou trecho sobre visita a familiares

 *SEGURANÇA PÚBLICA*



*Em nova derrota para Lula, Congresso derruba veto da ‘saidinha’ de presos*


Presidente tinha sancionado a maior parte do projeto, mas vetou trecho sobre visita a familiares


https://www.otempo.com.br/politica/congresso/2024/5/28/em-nova-derrota-para-lula--congresso-derruba-veto-da--saidinha--

 


@sargentorodriguesoficial
 O PL 2309/24, que trata da migalha dos 3,62% de recomposição dos servidores do Executivo, voltou hoje à Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária. Buscando dar oportunidade ao governo de melhorar a proposta, apresentamos algumas emendas, com destaque para a de nº 57, assinada por trinta parlamentares. O objetivo é AUTORIZAR o governo a conceder o índice de 10,67%, a partir de 1/01/24, aos servidores da segurança pública, que corresponde à inflação de 2022/2023. O justo era cobrarmos os 42% devidos, assinados em ata e reconhecido publicamente pelo governador, mas que não foram honrados. Fiz isso para evitar a desculpa de que o RRF e a LRF não permitem.

A emenda foi rejeitada pelo relator, mesmo sendo AUTORIZATIVA, sob o argumento de gerar novas despesas e não trazer estimativas de impacto financeiro. 


*TODOS VOTARAM A FAVOR DOS 300% DO ZEMA 

*ALGUNS SAO CONTRA O REAJUSTE DE QUASE 11% PARA SERVIDORES PÚBLICOS 

*FAÇA CONTATO COM TODOS



Fiz questão de lembrar que cinquenta deputados votaram a favor dos 300% de aumento ao governador, vice e secretários, sem trazer o tal estudo de impacto financeiro. São eles:
Adriano Alvarenga
Alencar da Silveira Jr.
Ale Portela
Antonio Carlos Arantes
Arlen Santiago
Arnaldo Silva
Betinho Pinto Coelho
Bim da Ambulância
Bosco
Carlos Henrique
Cassio Soares
Charles Santos
Chiara Biondini
Coronel Henrique
Coronel Sandro
Delegada Sheila
Delegado Christiano Xavier
Doorgal Andrada
Douglas Melo
Doutor Wilson Batista
Dr. Maurício
Duarte Bechir
Enes Cândido
Fábio Avelar
Gil Pereira
Grego da Fundação
Gustavo Santana
Gustavo Valadares (Secretário)
Ione Pinheiro
João Magalhães
Leandro Genaro
Leonídio Bouças
Lud Falcão
Maria Clara Marra
Marli Ribeiro
Mauro Tramonte
Nayara Rocha
Neilando Pimenta
Noraldino Júnior
Oscar Teixeira
Professor Wendel Mesquita
Raul Belém
Rafael Martins
Roberto Andrade
Rodrigo Lopes
Thiago Cota
Tito Torres
Vitório Júnior
Zé Guilherme
Zé Laviola

Peço aos servidores que mandem e-mail cobrando desses parlamentares, pedindo apoio à emenda 57, que será votada em destaque pelo Plenário! Cobrem deles coerência, já que aprovaram os 300% do governador!


 O Projeto de Lei 2.309/24, do governador Romeu Zema (Novo), já tem seus próximos passos definidos. A proposição faz a revisão geral do subsídio e do vencimento básico dos servidores públicos civis e militares do Estado. O índice apresentado foi de 3,62%.

O Fator apurou que o projeto será votado em 1º turno amanhã na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Na semana que vem, a proposição deve ser votada em 2º turno com emendas e um substitutivo ao texto que seja mais benéfico ao funcionalismo público.

A intenção do governador, conforme mostrou O Fator ontem, é prestigiar o Partido Liberal (PL) com um substitutivo que agrade às forças militares. Nessa construção, o governo auxiliaria o partido a apresentar um novo projeto, “melhor” do que o atual.

Uma intensa articulação tem sido feita nas últimas horas para assegurar quórum. Por ser véspera de feriado, alguns deputados tendem a antecipar suas agendas em bases políticas pelo interior.

Reunião

O assunto foi um dos temas da reunião de Zema com o presidente da ALMG, Tadeu Martins Leite (MDB), na sede do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).

Também participaram da reunião o vice-governador Professor Mateus (Novo) e os secretários de Estado Luísa Barreto (Planejamento e Gestão), Gustavo Valadares (Governo) e Luiz Claudio Gomes (Fazenda).

*O ANO QUE NÃO PODE SER ESQUECIDO: MOVIMENTO REIVINDICATÓRIO DE 1997 COMPLETA 27 ANOS*

 *O ANO QUE NÃO PODE SER ESQUECIDO: MOVIMENTO REIVINDICATÓRIO DE 1997 COMPLETA 27 ANOS* 👏Parabéns Guerreiros de 97 Há exatos 27 anos teve i...