domingo, 9 de junho de 2024

 


Um sargento da Polícia Militar de Minas Gerais (PMM) aposentado, de 52 anos, foi alvejado durante um tiroteio no bairro Ressaca, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, na madrugada deste domingo (9 de junho). A ocorrência foi registrada pela corporação como tentativa de homicídio.De acordo com a PM, o policial estava bebendo em um bar quando ouviu disparos de arma de fogo do lado de fora do estabelecimento. Ele saiu para conferir o que estava acontecendo, momento em que foi alvejado na região da panturrilha direita. 

O sargento contou aos militares que “diante da injusta agressão sofrida”, e com medo de ser novamente atingido, se abrigou em um poste próximo e passou a atirar em direção ao beco onde os atiradores estavam. 

Após a troca de tiros, os suspeitos fugiram do local. Segundo o boletim de ocorrência, o sargento aposentado não soube dizer quantos suspeitos estavam envolvidos na ação, nem as suas características físicas por causa da “tensão do momento”. 

A equipe policial realizou buscas na região, mas os moradores não quiseram ou não souberam dizer nada sobre o tiroteio. O sargento foi socorrido até um hospital privado de Betim, também na Grande BH. Ele provou que tinha porte de arma válido pelos próximos cinco anos. 


A perícia da Polícia Civil esteve na rua onde o tiroteio aconteceu para apurar os primeiros indícios que vão subsidiar a investigação. Até o momento, ninguém foi preso.


Projeto de reajuste salarial na segurança pública vai à CCJ Texto também considera critérios nacionais para promoção e beneficia bombeiros, policiais e outras categorias.

 O Projeto de Lei 2.573/2021, que cria o Pacto Nacional para o Fortalecimento e a Valorização dos Profissionais da Segurança Pública, está e...