quarta-feira, 14 de fevereiro de 2024

Deputados federais da Frente Parlamentar de Segurança Pública da Câmara, também conhecida como bancada da bala, criticaram o desfile da escola de samba Vai-Vai por, segundo eles, "demonizar" a polícia. A agremiação levou o enredo "Capítulo 4, versículo 3 - Da Rua e do Povo, o Hip Hop: Um Manifesto Paulistano". Uma das alas era composta por pessoas fantasiadas de policiais do batalhão de choque. Eles usavam chifres e asas vermelho-alaranjadas, fazendo alusão a demônios. Em entrevista ao #UOLNews, o presidente da Vai-Vai falou sobre as críticas de policiais ao samba-enredo e ao desfile da escola no Carnaval de SP. 👉 Leia mais em #UOLNotícias!

NDeputados federais da Frente Parlamentar de Segurança Pública da Câmara, também conhecida como bancada da bala, criticaram o desfile da escola de samba Vai-Vai por, segundo eles, "demonizar" a polícia.

A agremiação levou o enredo "Capítulo 4, versículo 3 - Da Rua e do Povo, o Hip Hop: Um Manifesto Paulistano". Uma das alas era composta por pessoas fantasiadas de policiais do batalhão de choque. Eles usavam chifres e asas vermelho-alaranjadas, fazendo alusão a demônios. Em entrevista ao #UOLNews, o presidente da Vai-Vai falou sobre as críticas de policiais ao samba-enredo e ao desfile da escola no Carnaval de SP.

👉 Leia mais em #UOLNotícias!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Suspeito de matar sargento Dias começa a ser avaliado pelo perito de autor da facada em Bolsonaro

  Suspeito de matar sargento Dias começa a ser avaliado pelo perito de autor da facada em Bolsonaro