domingo, 28 de janeiro de 2024

FUNCIONALISMO PÚBLICO Expulsões de servidores do governo de Minas sobem 33% em cinco anos Alta foi puxada pelo crescimento de demissões por assédio sexual, registradas principalmente entre funcionários da Educação, apontam dados da CGE Por Clarisse Souza Publicado em 27 de janeiro de 2024 | 06h00

 

FUNCIONALISMO PÚBLICO

Expulsões de servidores do governo de Minas sobem 33% em cinco anos

Alta foi puxada pelo crescimento de demissões por assédio sexual, registradas principalmente entre funcionários da Educação, apontam dados da CGE

Por Clarisse Souza Publicado em 27 de janeiro de 2024 | 06h00



Minas Gerais registrou, nos últimos cinco anos, aumento de 33% no número de expulsões aplicadas a servidores estaduais que cometeram infrações consideradas graves no exercício da função pública. Levantamento feito pelo jornal O TEMPO a partir de dados da Controladoria-Geral do Estado (CGE) aponta que 152 pessoas foram excluídas do quadro de funcionários concursados do governo em 2023, frente a 114 em 2019, último ano antes da pandemia de Covid-19. Quando comparadas a 2022, as condenações expulsivas no ano passado também subiram quase 29%.

“A estabilidade foi prevista na Constituição não como benefício para o servidor. Ela foi idealizada para proteger a sociedade, evitando que a cada troca de governante existisse a desestabilização e a substituição integral da mão de obra. Com isso, obviamente, se perderia a expertise”, esclarece Cristiana. A especialista ressalta que expulsões após investigação de infrações “sinalizam que o Estado está preocupado em não deixar perpetuar condutas inadequadas”. 

Prejuízo para o serviço público

Os 152 servidores estaduais expulsos em 2023 representam 0,03% dos cerca de 536 mil funcionários do governo de Minas – o número exclui servidores da Advocacia-Geral do Estado e das polícias Civil e Militar, que têm corregedorias próprias e não têm infrações analisadas pela CGE. Embora, à primeira vista, pareça pouco, Cristina Fortini ressalta que toda expulsão gera prejuízo ao serviço público. “Quando se demite um servidor, a administração pública também sangra um pouco porque ela não consegue repor aquela mão de obra imediatamente”, observa


https://www.otempo.com.br/politica/expulsoes-de-servidores-do-governo-de-minas-sobem-33-em-cinco-anos-1.3319229

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Que a amizade, a união e a camaradagem sejam sempre fortes entre vocês. Que vocês encontrem sempre apoio e força uns nos outros. Parabéns pelo Dia do Amigo! #DiaDoAmigo #SegurançaPública #Homenagem #gratidao #blog #blogdarenata #blogdarenatapimenta

  Que a amizade, a união e a camaradagem sejam sempre fortes entre vocês. Que vocês encontrem sempre apoio e força uns nos outros. Parabéns ...