quarta-feira, 6 de dezembro de 2023

Pesquisa aponta Minas como segundo estado do país com maior sensação de segurança

 N ATUALIZADO EM QUA 06 DEZEMBRO 2023 16:49

Pesquisa aponta Minas como segundo estado do país com maior sensação de segurança

Levantamento do IBGE é baseado na autodeclaração de moradores sobre medo do crime em sua região de residência ou casa

imagem de destaque

Serranos, no Sul de Minas Gerais

ícone de compartilhamento

Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira (6/12), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que Minas Gerais é o segundo estado do país onde a população se sente mais segura.


O levantamento levou em conta a autodeclaração de moradores sobre a sensação de segurança ou insegurança no bairro onde moram e, também, dentro de suas residências.


De acordo com o estudo, 81,7% da população mineira com 15 anos ou mais se sente segura ou muito segura na sua região de moradia.


O percentual está abaixo apenas dos dados de Santa Catarina, que contabilizou 90,1% de sensação de segurança. Em terceiro lugar está o estado do Rio Grande do Sul, com 81,3%.


O resultado é ainda 8,5 pontos percentuais acima da média nacional, na qual 73,2% da população declarou se sentir segura ou muito segura no bairro onde mora, como demonstrado no gráfico abaixo.


A pesquisa "Síntese de Indicadores Sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira 2023" tem como base metodológica o ano de 2021.


"A gente recebe com muita alegria esse resultado, que é fruto do imenso trabalho integrado de prevenção e repressão à criminalidade que desenvolvemos em nosso estado”, destacou o secretário de Justiça e Segurança Pública, Rogério Greco.


“Há anos, Minas se destaca como um dos estados mais seguros do país, a partir da avaliação de índices objetivos, como a criminalidade violenta. Esse estudo nos coloca em destaque de novo, mas em outro patamar, muito importante, que é o da percepção que a população tem do nosso trabalho", afirma o secretário.


Belo Horizonte também foi alvo do levantamento e ficou ranqueada como a segunda capital do país em sensação de segurança entre os moradores. Pela análise, 74,4% tem baixos índices de medo do crime no seu bairro de residência.


A capital ficou atrás apenas de Florianópolis, em Santa Catarina, com 89,7%. Cuiabá, no Mato Grosso, fica com o terceiro lugar com 73%. As capitais estão representadas pelos pontos laranjas no gráfico abaixo.


 


                                                                                                                    IBGE / Divulgação


Análise dentro de casa


Quando o recorte do estudo é feito analisando a variável sensação de segurança ou insegurança dentro de casa, Minas Gerais segue em destaque e fica com a terceira posição nacional.


Pela autodeclaração, 91,2% dos mineiros se sentiam seguros ou muito seguros em suas residências. O primeiro lugar nacional é de Santa Catarina (94,8%) e o segundo, Rio Grande do Sul (92,9%).



Cidades sem crimes violentos


Recentemente, o Observatório de Segurança Pública da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) também divulgou um levantamento que mostrava que 98 municípios, espalhados por todo o estado, não registraram nenhum roubo, homicídio, estupro ou qualquer outro tipo de crime violento de janeiro a outubro de 2023.


Quando o recorte era feito desde 2022, 27 cidades permaneciam na lista, com destaque para Serranos, no Sul do estado. Para saber mais sobre esse estudo e conferir a lista de cidades, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Suspeito de matar sargento Dias começa a ser avaliado pelo perito de autor da facada em Bolsonaro

  Suspeito de matar sargento Dias começa a ser avaliado pelo perito de autor da facada em Bolsonaro