quinta-feira, 6 de junho de 2024

NÃO HAVERÁ DESMOBILIZAÇÃO MESMO QUE O COMANDO TENTE INTERFERIR DIRETA OU INDIRETAMENTE

 


*VAMOS MOSTRAR PARA O GOVERNO NOSSA FORÇA - A ESTRITA LEGALIDADE PERMANECERÁ!!!*


Hoje o projeto de lei do Governo de MG que trará a recomposição salarial de 4,62% para TODO o funcionalismo público foi votada e todas as emendas foram rejeitadas. 


A Base do Governo quis pagar para ver junto do Governador Romeu Zema.


Como foi prometido, a tropa não vai recuar. Aprenderá a ALMG, aprenderá o Governo e quem vai cobrar será toda sociedade mineira pois sentirão falta da Segurança Pública. 


*REPETIMOS*


*NÃO HAVERÁ DESMOBILIZAÇÃO MESMO QUE O COMANDO TENTE INTERFERIR DIRETA OU INDIRETAMENTE*


Nós não aceitaremos migalhas e não será a vontade de um menino herdeiro que resolveu BRINCAR de Governador que fará isso. 


À toda tropa da segurança pública, sem lembrem: *Seus chefes dirão que agora não tem mais jeito, que o índice desse ano é esse que foi apresentado e que devemos voltar a trabalhar com afinco pois nossas famílias podem ser vítimas da insegurança e que ano que vem tentamos mobilizar novamente.*


*IRMÃOS DE FARDA... NÃO!!! NÃO TROCAREMOS A COMIDA NO PRATO DE NOSSA FAMÍLIA POR MEDALHAS NO PEITO DE QUEM POUCO COMBATE NAS RUAS E ESTÁ COM A MESA FARTA PARA SEUS FILHOS!!!*


*Continuemos mobilizados* pois essa foi só uma batalha e a guerra mesmo está longe de terminar do jeito que o Governador acha. 


Que os deputados de base e o governo sintam o peso da decisão que tomaram pois somos nós, da segurança pública, que mantemos a governabilidade e o estado de direito em Minas Gerais. 


Deus nos abençoe nessa luta. 


*JUNTOS SOMOS MAIS FORTES*

STF vai monitorar redes sociais e rastrear usuários

STF vai monitorar redes sociais e rastrear usuários Corte quer análise diárias de conteúdos de postagens na internet e até a identificação d...