quarta-feira, 17 de abril de 2024

 Proteção Social dos Militares (IPSM), a segurança cobra um reajuste salarial da categoria neste ano. Em agenda na Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o coronel Rodrigo Piassi, comandante-geral da Polícia Militar, disse que tem articulado por um aumento salarial. 


Presidente da comissão, o deputado estadual Sargento Rodrigues (PL) defendeu um incremento de 41,6% da remuneração para recuperar perdas iniciadas em 2015, data do último reajuste real da categoria. Esse índice chegou a fazer parte de um acordo com o governador Romeu Zema (Novo) em 2019, mas não foi cumprido.



No último dia 1º, servidores da segurança chegaram a fazer uma manifestação na porta da casa do governador Romeu Zema para cobrar o cumprimento do acordo. Nas mensagens, os sindicatos dos servidores afirmavam que estão há sete anos sem reajuste e cobram uma resposta do governador.


📌olha aí corró, quem mancha o nome da PM, dos pms e familiares.  O cargo de governador é passageiro, os danos que podem ser causados no ipsm serão eternos e até impagáveis. O veículo da corró deve ser de uso particular, pois quem denunciou para a AGE, tá muito preocupado com a imagem do estado. Mas fazer campana para multar "irmão de farda", está correto.


Tinha uma visão até boa da corró, apresentada pelo ex corregedor Renato Carvalhais, mas foi destruída de novo. Não preciso da corró pra nada. Nem faz diferença para a população. 

  sindpolmgoficial  Na tarde dessa segunda-feira (17/06), as entidades de classes foram surpreendidas em Araxá com uma tentativa de atearem ...