quinta-feira, 18 de abril de 2024

 


🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨 O tempo é o Senhor da razão! O que está em jogo nessas ações da Comissao de Seguranca Pública para fustigar o Alto Comando da Polícia Militar? O primeiro round foi aquela audiência cancelada por que o Cel Chefe do Gabinete não teria comparecido fardado, quando o Presidente da Comissao determinou que na próxima vez o Coronel ali comparecesse fardado. Ato continuo,  a convocação do Comandante Geral para prestar informações, pasmem os Senhores,  sobre as providências que o Comandante estaria adotando para a recomposicao da remuneração da tropa. Antes dessa convocação um dos Deputados usou a Tribuna do Poder Legislativo para denunciar que o Comandante foi eleito grão mestre da maçonaria e teria de ser exonerado por suposta ilegalidade. Armou-se um " laço do passarinheiro " para fustigar e  desmoralizar não o Cel Piassi,  mas o cargo de Comandante Geral da Polícia Militar, com uma trinca de Deputados. O Comandante não se deixou intimidar e enfrentou e apesar de cerceado no direito de manifestação, por diversas vezes, pelo Presidente da Comissao o Comandante Geral usou do momento para  REAGIR aos ataques pessoais que um dos Deputados fez contra o mesmo, anteriormente, na Assembleia, expondo a sua vida pessoal. Oras , por que o Deputado pode entrar na seara pessoal do Comandante Geral e o Comandante Geral não pode dizer do seu histórico na carreira militar? Uma pessoa pública não deve temer ter os seus antecedentes profissionais questionados publicamente.  Qual seria o receio? Na verdade, o Comandante Geral,  disse muitas coisas nas entrelinhas que assustaram alguns que estavam naquela mesa. O passado às vezes provoca pesadelos. As redes sociais estão frenéticas e continuarão assim, pois o objetivo é tirar do Comando alguém que não está aceitando ser serviçal dos interesses politicos de alguns, além de mandar na Comissao de Seguranca Pública,  querem comandar a Polícia Militar. Usam a Comissao de Seguranca Pública para a intimidação e linchamento dos Comandos das Forças de Seguranca Pública e receber aplausos de parte da tropa, que infelizmente, caem neste jogo sórdido. Acusam os Comandos de receber reajustes, frutos de leis que eles aprovaram e omitem que tiveram seus vencimentos reajustados em 36% no ano de 2023. Fazem audiência pública para cobrar do Comandante Geral providências para o reajuste da tropa,  quando aprovaram  o orçamento do corrente ano,  sem previsão de recurso para o reajuste de 41% que dizem defender. Quanta hipocrisia! Parabéns Cel Piassi pela coragem moral de enfrentar aquela gente, que não está preocupada com reajuste da tropa,  pois se estivem mesmo preocupados com isto,  estariam estudando  alternativas e soluções para o orçamento do ano de 2025 e não usando a Comissão de Seguranca Pública para desmoralizar os Comandos das Forças de Seguranca Pública.

 Alguém tinha de reagir a esta vergonha que está ocorrendo em Minas Gerais!


Mendonça Miospmg Miospmg

*O ANO QUE NÃO PODE SER ESQUECIDO: MOVIMENTO REIVINDICATÓRIO DE 1997 COMPLETA 27 ANOS*

 *O ANO QUE NÃO PODE SER ESQUECIDO: MOVIMENTO REIVINDICATÓRIO DE 1997 COMPLETA 27 ANOS* 👏Parabéns Guerreiros de 97 Há exatos 27 anos teve i...