segunda-feira, 15 de abril de 2024

Justiça Militar decreta a prisão preventiva de policial investigado pelo MPMG, alvo da Operação Jogo Duplo

 

Investigações do Gaeco da Zona da Mata identificaram participação do acusado em organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção e “Jogo do Bicho”

 

A Justiça Militar decretou, no último sábado, 13 de abril, a prisão preventiva de um sargento aposentado da Polícia Militar de Minas Gerais investigado por organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção e “Jogo do Bicho”. Ele foi alvo da Operação Jogo Duplo, deflagrada no dia 10 de abril.

Em endereços ligados ao policial militar, os investigadores apreenderam, além de diversos documentos e dispositivos eletrônicos, grande quantidade de armas e munições, tais como: uma pistola calibre 38, dois revólveres calibre 32, 79 munições .380, 14 munições .32, uma munição 9mm, 2 munições .44 e 33 munições .40

Foto gaeco noticia.jpg

Segundo o promotor de Justiça Breno Coelho, coordenador do Gaeco da Zona da Mata, as investigações prosseguem, tanto no âmbito da Justiça Militar quanto no âmbito da Justiça Estadual, tendo sido arrecadado vasto material probatório durante as diligências realizadas na operação.

O Gaeco ainda destacou a importância da participação ativa da Polícia Militar de Viçosa nas sensíveis diligências realizadas, contribuindo para a demonstração da participação do militar preso nas atividades criminosas investigadas

A verdadeira casta de privilegiados que ocupa cargo público sem concurso e até mesmo sem competência e MAMA no dinheiro público...

 A verdadeira casta de privilegiados que ocupa cargo público sem concurso e até mesmo sem competência e MAMA no dinheiro público... https://...