sexta-feira, 19 de abril de 2024

Deixar faltar para sobrar II O Projeto de Lei encaminhado pelo Governador Romeu Zema para a ALMG, além de ser uma proposta abominável em todos os seus aspectos... Por Luiz Tito Publicado em 19 de abril de 2024 | 03h30

Deixar faltar para sobrar II

O Projeto de Lei encaminhado pelo Governador Romeu Zema para a ALMG, além de ser uma proposta abominável em todos os seus aspectos...

Por Luiz Tito Publicado em 19 de abril de 2024 | 03h30

O Projeto de Lei encaminhado pelo Governador Romeu Zema para a ALMG, além de ser uma proposta abominável em todos os seus aspectos, quer escorchar ainda mais os servidores do Estado. Ele propõe alterar as regras de previdência já gravadas em lei e aumentar os valores das contribuições dos usuários, descontadas dos servidores e da parcela de responsabilidade do Estado. Essa ideia, no mínimo, deveria envergonhar aqueles que tiveram a coragem de formulá-la, de subscrevê-la e encaminhá-la para análise do Legislativo. E não pode privar da mais profunda censura os parlamentares que, para continuarem “lambendo o Governador do Estado”, não tiverem a decência de discuti-la com rigor e independência e a coragem de rejeitá-la. O Ipsemg e o Instituto de Previdência dos Servidores Militares do Estado de MG, o IPSM-MG estão sendo quebrados, pela falta de planejamento e pela vergonhosa incapacidade de gestão desse Governo. Sem tirar uma letra. E aproveitando: quando o Governo vai recolher os valores que retem dos contracheques do funcionalismo, devidos aos dois Institutos de Previdência? Isso não seria crime de apropriação indébita

Deputados federais mineiros ficam insatisfeitos após reunião com Zema em Brasília

CÂMARA DOS DEPUTADOS Deputados federais mineiros ficam insatisfeitos após reunião com Zema em Brasília Parlamentares dizem que o governador ...