quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

 


O governo de Minas Gerais prepara o envio, à Assembleia Legislativa, de um projeto de lei para adequar o estado ao piso salarial nacional dos professores, que teve reajuste de 3,62% para este ano. O aumento dos docentes da rede estadual de ensino será retroativo a janeiro.


O plano foi confirmado à Itatiaia nesta quarta-feira (28) pelo deputado João Magalhães (MDB), líder do governador Romeu Zema (Novo) na Assembleia. A subsecretária de Gestão de Pessoas do Executivo estadual, Kênya Kreppel, também garantiu que o governo trabalha na construção de um projeto sobre o aumento.


PUBLICIDADE


O reajuste será proporcional ao número de horas semanais trabalhadas pelos professores. Segundo Magalhães, a ideia é remeter o projeto aos deputados “o mais rápido possivel”. Ele não descarta a chegada do texto à Assembleia ainda nesta semana.


O governador vai cumprir plenamente o que manda a Constituição, o que manda a lei e vai dar o reajuste máximo permitido pelo governo federal”, disse o emedebista.


Kreppel, por sua vez, afirmou que ainda não há data para o envio do projeto.

  Joaquim José da Silva Xavier, conhecido como Tiradentes, foi uma figura importante na história do Brasil. Ele foi um dos líderes da Inconf...