terça-feira, 2 de janeiro de 2024

 O soldado tinha cerca de um ano na corporação, e estava em momento de folga na Bahia

Um grave acidente na BR-116, próximo a comunidade de Dantelândia, em Vitória da Conquista, tirou a vida de uma mãe e seu filho.

As vítimas foram identificadas como Anderson Yure Amorim e Claudineia, de 45 anos. Ambos eram os ocupantes do carro de passeio que colidiu violentamente com uma carreta, deixando o veículo completamente irreconhecível.

Anderson, com cerca de um ano de serviço, desempenhava a função de Policial Militar em Minas Gerais, na cidade de Pedra Azul, Vale do Jequitinhonha. Sua mãe, Claudineia, contribuía como agente de trânsito em Brumado, na Bahia, onde os dois eram nascidos.

Os corpos das vítimas foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML) de Vitória da Conquista.

Vários policiais militares e as autoridades da 15• RPM, Coronel Sandro Heleno (em Teófilo Otoni), e o comandante do 44• BPM de Almenara, responsável por Pedra Azul, tenente-coronel Marley Navarro, emitiram condolências pela passagem do praça e sua genitora.

O @jornaldiarioteo também enseja profundos pesares aos familiares e amigos enlutados




  Um jovem de 23 anos foi condenado, nessa quinta-feira (16 de maio), a 14 anos de prisão por tentar atropelar cinco policiais, em Viçosa, n...