sexta-feira, 12 de janeiro de 2024

 


Me desculpe, tenho o máximo respeito por você. Porém, não é bem isto. Oras, a Lei 109, que criou um sistema de promoções em que TODOS os Alunos que entram no CFO, serão Coroneis, não é obra do Piassi e do Zema. A Lei 

FEDERAL 13.954, não é obra do Zema e nem do Piassi. Para o Zema, eu vejo duas situações: primeira ter concedido em 2022, aumento diferenciado para ativos, disfarçado de Abono Fardamento,  isto aí foi muito grave, por romper a paridade e criar uma ambiente de divisão entre Veteranos e ativos. Outra situação: Zema em 2023, rompeu o compromisso de não deixar acumular inflação de um ano para o outro e pior discriminou a Seguranca Pública,  pois concedeu reajustes para si próprio ( inabilidade para um líder, pois é o Governador mais rico do pais e nem precisa dessa remuneração). A questão do reajuste de 42%, eu não coloco na conta do Zema, ele deu 13%, a Assembleia que poderia derrubar os vetos, não deu nada, pois manteve os vetos as duas parcelas de 12%. O Piassi, fez o que podía fazer, pois assumiu o Comando em janeiro de 2023, menos de um ano. Chamou as Entidades,  apresentou a todos o Projeto de Lei Estadual de Proteção Social dos Militares de Minas Gerais,  que corrige as distorcoes no Sistema de Remuneração,  na estrutura de carreira, que regulamenta o financiamento da Assistência a Saúde e FOI DE UMA coragem moral impar: disse que vai resgatar a paridade entre veteranos,  ativos e pensionistas. Foi leal com todos, explicando as tratativas que mantem permanentemente com o Zema e as dificultades que a aprovação desse Projeto vai encontrar na Assembleia. Quem fala que o Piassi não trata de reposição com o Zema, está desinformado ou agindo de más fé,  pois é a demanda constante,  ao que o Governador argumenta: que a proposta do Regime de Recuperação Fiscal tem por objetivo cortar despesas e que seria uma contradicao apresentar, simultaneamente,um projeto de lei criando novas despesas antes de solucionar a questão do RRF. ENTÃO QUEREM QUE O PIASSI FAÇAM O QUE? E por que essa cobrança só em cima do Piassi e da Polícia Militar? Por que não é cobrado com a mesma intensidade dos Comandantes das demais Forças Policiais? Do Secretário de Seguranca Pública? Eleger o Piassi como alvo e atribuir a ele a responsabilidade por toda a situação é muito injusto. O Piassi não completou um ano de Comando. Eu discordo do Piassi e ele de mim , em muitas coisas! Mas tenho o máximo respeito por ele. Ha mais o Piassi transferiu pessoas por " perseguicao politica". Eu sou contra transferencia por conveniência da disciplina, isto está no Estatuto do Miosp-MG. Agora, a Polícia Militar tem um serviço de inteligencia, que produz informações. Eu não tenho e nem quero ter as informações produzidas pelo Serviço de Inteligencia. Eu pedi o cancelamento das transferencia de dois militares, o Piassi foi direto comigo: nao farei isto. Nunca mais pedi nada, mas também não vou ficar perseguindo o Comandante por que não fui atendido. Eu fico vendo, todo mundo fala que ele tem de sair. Eu acho que ele tem de trabalhar para viabilizar a recomposicao das perdas salariais e a aprovação da Lei Estadual de Proteção Social. É só minha opinião. Seguiremos apoiando o Cel Piassi, conforme decisão coletiva do Miosp-MG. Até quando? Bem até nova avaliação coletiva que será feita pelo Miosp-MG no final de abril de 2024. Enquanto isto, o Miosp-MG e seus Embaixadores irão continuar o trabalho de articulaçao a cata de apoios para viabilizar a PEC da Dignidade do Trabalho Policial e da Igualdade, que entendemos ser a solução definitiva para proteção da remuneração real de todos os servidores públicos de Minas Gerais.  O Miosp-MG defende Dignidade e Igualdade,  para todos, inclusive,  os Comandantes das Forças de Seguranca que não devem receber tratamento desigual. Parabéns Cel Piassi por suportar a perseguicao com altivez e honra. Eu não gosto de injustiça contra ninguém! Um amigo me disse Mendonca,  você não pode , por questão pessoal desrespeitar Deputado nenhum, pois se quer respeito, então respeite quem pensa e age orientado por outros interesses, isto faz parte da democracia. Agradeci a crítica e abortei apelidos jocosos que eu estava usando. Isto era um grave erro meu. Mendonça

 C aros amigos, O Policial Penal Cristiano está enfrentando um momento desafiador em na vida e buscam apoio da comunidade.  A familia está f...