quinta-feira, 21 de dezembro de 2023

Entrevidta ROMEU ZEMA

itatiaiaoficial

 ENTREVISTA EXCLUSIVA | O governador Romeu Zema (Novo) afirmou que o reajuste salarial concedido para o primeiro escalão do governo estadual este ano, inclusivo o aumento de 300% no próprio vencimento, foi necessário para evitar que o estado continuasse perdendo secretários qualificados.


Em entrevista exclusiva para o Rádio Vivo, da Itatiaia, na manhã desta quinta-feira (21), o governador afirmou que a lei determina que os secretários não podem ter um vencimento maior do que o do governador, por isso ele enviou um projeto reajustando o próprio salário.


Nesta semana, o Supremo Tribunal Federal (STF) concluiu o julgamento de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) que questionava o reajuste de 300% no salário do governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), bem como o aumento para os demais integrantes do primeiro escalão do Executivo estadual. Por unanimidade, o Supremo decidiu extinguir a ação, sem analisar o mérito do processo. Ou seja, nenhum dos 10 ministros opinou se é ou não legal o aumento no salário do governador.

O outro afago de Zema ao PL na Assembleia Governo articula novo projeto para reajuste de forças militares

  O outro afago de Zema ao PL na Assembleia Governo articula novo projeto para reajuste de forças militares E a escolha da deputada estadual...