quarta-feira, 11 de outubro de 2023

 SEGURANÇA

Projeto que proíbe tomadas em presídios é sancionado por Zema e vira lei

Autor do projeto, deputado estadual Bruno Engler (PL), diz que lei vai impedir que presos usem celulares nas unidades prisionais

Siga O TEMPO no Google News
Qua, 11/10/23 - 16h15
Projeto que proíbe tomadas em presídios é sancionado por Zema e vira lei
O governador Romeu Zema (Novo) sancionou o projeto de lei do deputado estadual Bruno Engler (PL) que proíbe tomadas ou pontos de energia nas áreas de presídios nas quais os presos têm acesso. O anúncio da sanção foi feito pelo próprio parlamentar ao lado do secretário de Justiça e Segurança Pública, Rogério Greco.  
 
“Pessoal, agora é lei! Hoje o governador Romeu Zema está sancionando o meu projeto de lei que prevê a retirada total de tomadas e pontos de energia nas áreas às quais os presos têm acesso. Os vagabundos fazem uso dessa energia para carregar telefone celular, para comandar o crime organizado de dentro das unidades prisionais. Em Minas Gerais, a segurança do cidadão de bem vale muito mais do que o conforto do vagabundo”, diz Engler em vídeo divulgado pelo WhatsApp. 
 
No mesmo vídeo, Greco diz que a nova lei tem uma “importância assustadora” para o Estado. “As novas unidades prisionais já não têm ponto de tomada. Agora, vai complicar muito mais para aquele camarada que quer ter um telefone celular dentro da sua cela”, afirmou o secretário de Justiça e Segurança Pública. 
 
A nova lei prevê que celas não tenham tomadas e, instalações de iluminação possuam barreiras para que os presos tenham acesso à fiação. 

Projeto de reajuste salarial na segurança pública vai à CCJ Texto também considera critérios nacionais para promoção e beneficia bombeiros, policiais e outras categorias.

 O Projeto de Lei 2.573/2021, que cria o Pacto Nacional para o Fortalecimento e a Valorização dos Profissionais da Segurança Pública, está e...