terça-feira, 22 de agosto de 2023

 



agente.socioeducativo
 

SUSPENSÃO📍 Provocado pelo Ministério Público de Minas Gerais, o juiz Afrânio José Fonseca Nardy determinou a suspensão imediata das atividades do Grupamento de Ações Rápidas (GAR) do sistema socioeducativo de Minas Gerais. O GAR, que tinha como objetivo agir prontamente em situações de crise nas unidades socioeducativas, visando garantir a integridade física dos internos e dos servidores, teve suas atividades abruptamente interrompidas. 😮🔒

Os agentes de segurança socioeducativos expressaram preocupações, temendo que a falta de equipe especializada possa afetar a integridade física dos envolvidos. A suspensão do GAR gera apreensão sobre a resposta rápida em momentos de urgência. Atualmente os agentes lidam com menores perigosos, mas sem aparato para intervir, visto que, na maioria das vezes, a intervenção verbal e a contenção não são eficazes. 😓❗️

Essa situação levanta uma reflexão importante: o que esperar das decisões baseadas em políticas socioeducativas que visam unicamente o lado do menor infrator e excluem a discussão sobre a segurança no sistema socioeducativo? É necessário repensar esses embasamentos e leis do nosso país, bem como o entendimento sobre a gravidade dos atos cometidos pelos menores, que não são considerados criminosos devido às falhas nas leis.

As implicações do uso de força em situações sensíveis e a busca por abordagens eficazes no sistema socioeducativo estão em destaque, reforçando a necessidade de uma análise aprofundada sobre como equilibrar a proteção dos direitos dos jovens em vulnerabilidade com a segurança daqueles que atuam no sistema. 💬🤔

🗞 Via Autos
📷 Reprodução

A verdadeira casta de privilegiados que ocupa cargo público sem concurso e até mesmo sem competência e MAMA no dinheiro público...

 A verdadeira casta de privilegiados que ocupa cargo público sem concurso e até mesmo sem competência e MAMA no dinheiro público... https://...