sexta-feira, 19 de maio de 2023

 


renatoriosneto

 

Decisão judicial a gente cumpre, mas nem sempre tem que concordar.

Hoje foi julgado o caso do rapaz que atropelou o Sargento Cleófas em uma blitz em Nova Lima. O militar ficou gravemente ferido. Teve duas paradas cardio respiratórias, ficou quatro dias em coma e carrega sequelas que o impossibilitaram de voltar para o trabalho operacional nas ruas. Podemos dizer que ele sobreviver foi um milagre!

O acusado foi julgado por tentativa de homicídio. Porém o Ministério Público concordou com a tese da defesa e também pediu a desclassificação do crime para Lesão Corporal.
O rapaz então foi condenado por Lesão Corporal Dolosa na pena de cinco anos prisão. Como ele já está já um ano e três meses preso, já vai pro regime semi aberto.
Estamos acompanhando diversos casos de atropelamentos de policiais em nos últimos dias e eu fico pensando como fica a cabeça de um policial agora durante uma blitz.
O que você achou dessa decisão?

 Em vista da manifestação programada para amanhã, é de extrema importância assegurar o respaldo jurídico para a participação de todos os env...