terça-feira, 25 de junho de 2024

Nenhum policial militar sai de casa para morrer

 


Nenhum policial militar sai de casa para morrer

 No momento em que outro jovem e honrado brigadiano morre pela mão de criminosos no Rio Grande do Sul, ouvi com surpresa de algumas "doutas' pessoas que a morte policial faz parte,e que ○ risco de morrer é inerente à profissão Afirmo: Não é! A morte não é opção! Vamos deixar claro uma coisa: "risco da profissão" ou "arriscar a vida na defesa do patrimônio ou da integridade de outras pessoas, é completamente diferente de *entregar a vida. 0 policial não é pago para morrer!

 Mesmo que nós policiais militares sejamos os únicos a andarem nas ruas com essa missão, nenhum policial militar sai de casa para morrer! Sim, missão! Pois somos militares e recebemos missão. Sim, únicos! Pois é constitucional e exclusivamente nossa, da Polícia Militar, estar ostensivamente nas ruas para proteger as pessoas. A morte de um policial militar não pode, por ninguém, ser considerada normal! Não é normal! Não aceitamos isso! Ainda que algumas outras profissões tenham risco de vida, só algumas muito específicas são legalmente

 Constituídas com essa "cláusula" Lembremos que a essência da  atividade da polícia militar é essa: correr riscos pelos outros. Não, morrer pelos outros! Se for preciso, daremos a vida Tenha certeza. E tenha certeza de que se precisar, na pior hora, pode nos chamar. Iremos! Da maneira que for possível. Quando for possível. Da maneira mais rápida possível. E se precisar, vamos arriscar nossa vida por você,sim! Morreremos honrados tentando salvá-lo. Quem quer que você seja: preto, branco, rico, pobre, homem, mulher ou criança Não nos interessa! Mas não vamos a morrer! Não aceitaremos,jamais,a morte pela mão de criminosos.Não há honra nisso! Essa morte atinge a mãe, o pai. Atinge o filho, a esposa. Os amigos. Pobre mãe! Essa morte atinge a alma, o coração de todas as pessoas de bem,e que tentam conviver com um mínimo de civilidade Reconheçamos issol! Atingir policial atingir toda sociedade Inclusive você que acha que faz parte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.