terça-feira, 7 de maio de 2024

Opinião do leitor

 


Quando o governador fala que funcionário público tem privilégio e diversos penduricalhos ele não fala das forças de segurança,  pois não somos funcionários públicos,  não temos direito a greve como as demais categorias do Estado, não recebemos horas extras, quando diz que funcionário público não tem que ficar rico nas costas do Estado está totalmente certo, só um detalhe, professor trabalha de Uber, Motoboy,  frentista, segurança,  faz o que ele quiser na sua folga, o policial não pode exercer nenhuma função que não seja o serviço policial, infelizmente nosso excelentíssimo governador,  não conhece o estatuto dos militares. Não quer pagar reajuste aos policiais não paga, mas também não cobre nada além das 12h, 10h, ou 8h de serviço da escala, deixa o policial fazer o que ele quiser na sua folga, quero ver o PM cansado de dirigir 12h de uber, vibrar no turno sabendo que na próxima folga, vai pegar firme de novo no Uber ou qualquer outro trabalho.  Sou a favor do excelentíssimo governador acabar com tudo na PM, assim o bico se tornará o serviço policial. Caros representantes não briguem por reajustes,  discutam a liberdade do militar de trabalhar apenas as horas previstas e não ser punido por fazer o que ele quiser na sua folga. Vamos ver quem sai perdendo.

*O ANO QUE NÃO PODE SER ESQUECIDO: MOVIMENTO REIVINDICATÓRIO DE 1997 COMPLETA 27 ANOS*

 *O ANO QUE NÃO PODE SER ESQUECIDO: MOVIMENTO REIVINDICATÓRIO DE 1997 COMPLETA 27 ANOS* 👏Parabéns Guerreiros de 97 Há exatos 27 anos teve i...