domingo, 5 de maio de 2024

 


Nossos irmãos gaúchos merecem o apoio total dos militares mineiros neste momento tão trágico, e o gesto humanitário da parte do nosso Governador precisa ser reconhecido e enaltecido; contudo, julgo também ser o momento  ideal para que o Sr Romeu Zema reflita sobre as peculiaridades do trabalho policial em relação às demais classes de servidores do Estado; e que possa entender, de uma vez por todas, que as Forças de Segurança são o último esforço do Estado quando o caos se instala, e que esses servidores, longe do que ele acusou de serem “cheios de privilégios”, são os únicos que, no exercício de suas funções , são submetidos a ambientes de perigo, de desgraças e de tragédias, como certamente ele já pode acompanhar como cidadão e agora como Governador dos mineiros (a tragédia de Brumadinho, por exemplo). E por fim, que seu reconhecimento não se atenha a elogios verbais, mas que se materializem em condições de trabalho (logístico, de saúde e previdenciário) e também pecuniário (como tem ocorrido com outras categorias do funcionalismo).

A Câmara dos Deputados e o Senado Federal vão entrar em recesso informal em razão das festas juninas.

  A Câmara dos Deputados e o Senado Federal vão entrar em recesso informal em razão das festas juninas. Arthur Lira (PP) e Rodrigo Pacheco (...