sábado, 20 de abril de 2024

 


"Enquanto aluno do Cefs, sinto-me compelida a expressar minha profunda preocupação em relação à carga excessiva de pressão física e psicológica imposta aos alunos durante o curso. Muitos de nós, com 40 anos ou mais, já exercemos funções de sargento, e questionamos a lógica por trás da extrema exigência a que somos submetidos.


A pressão desmedida e a falta de consideração com as baixas por motivo de saúde têm impactado negativamente nossa formação e bem-estar. A mente pode estar disposta, mas o corpo sofre as consequências. A pressão psicológica intensa tem causado um número alarmante de baixas entre os alunos, levando-nos a questionar se tal abordagem é realmente necessária para formar sargentos competentes.


Que os cmts  repensem suas práticas educativas, garantindo uma formação equilibrada que leve em consideração não apenas o aspecto físico, mas também o intelectual e emocional dos alunos. Estamos ansiosos por mudanças que promovam um ambiente de aprendizado saudável e respeitoso.


Apelo  para que atentem a essa situação e busquem soluções que beneficiem não apenas os alunos atuais, mas também as futuras gerações de sargentos em formação. Nossa saúde física e mental está em jogo, e esperamos ser ouvidos e compreendidos."


A verdadeira casta de privilegiados que ocupa cargo público sem concurso e até mesmo sem competência e MAMA no dinheiro público...

 A verdadeira casta de privilegiados que ocupa cargo público sem concurso e até mesmo sem competência e MAMA no dinheiro público... https://...