sexta-feira, 15 de março de 2024

 


O relacionamento dos policiais civis e agora os penais não anda as mil maravilhas com o deputado estadual Christiano Xavier. Na condição de delegado da Polícia Civil, o parlamentar já foi malsucedido em uma fala na audiência especial que tratava do tema do assédio moral e sexual nas delegacias e em outras dependências da PC, quando se referiu aos policiais que reclamavam do tratamento recebido de suas chefias como policiais muxibas. Na última semana, o delegado Christiano voltou à carga e disse que os agentes penitenciários pareciam “babás de presos”. Pegou muito mal e as lideranças sindicais dos PPs prometeram soltar uma nota de repúdio pelo que entendem ser uma afronta à categoria feita pelo deputado Christiano Xavier. Na sequência, mas à parte dessa manifestação, os PPs denunciaram que um parlamentar mineiro que se diz representante dos policiais civis e penais na ALMG nunca os defendeu diante do descaso que lhes impõe o Governo do Estado, nunca protestou pelo pagamento da justa recomposição salarial a que têm direito, nunca se movimentou pela remessa à Assembleia da Lei Orgânica da Polícia Civil e pior: ganha de um sindicato R$ 2.000 por mês para assessorá-los no Parlamento. É dura a vida para os policiais!

  Joaquim José da Silva Xavier, conhecido como Tiradentes, foi uma figura importante na história do Brasil. Ele foi um dos líderes da Inconf...