quinta-feira, 14 de dezembro de 2023

O Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu, nesta quarta-feira, 13, que o uso de câmeras corporais pela Polícia Militar do Estado não é obrigatório em operações que tenham como finalidade responder ataques contra agentes. As informações são do jornal Folha de S. Paulo. A decisão foi dada em um processo com denúncias de irregularidades na conduta dos PMs durante a Operação Escudo, que deixou 28 mortos na Baixada Santista, que terminou em setembro deste ano.

 O Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu, nesta quarta-feira, 13, que o uso de câmeras corporais pela Polícia Militar do Estado não é obrigatório em operações que tenham como finalidade responder ataques contra agentes. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

A decisão foi dada em um processo com denúncias de irregularidades na conduta dos PMs durante a Operação Escudo, que deixou 28 mortos na Baixada Santista, que terminou em setembro deste ano.


VIBRADORES

 Entre em contato com o Deputado Sargento Rodrigues Denuncie os vibradores, use o e-mail oficial: dep.sargento.rodrigues@almg.gov.br