terça-feira, 3 de outubro de 2023

 


Hoje ocorreu uma operação conjunta envolvendo o GAECO, PM e PP. Confirmados 3 óbitos e apreendidas 10 armas. O confronto aconteceu em Mateus Leme e os indivíduos eram líderes do tráfico na Vila da Paz.

Uma série de homicídios cometidos por duas organizações criminosas que disputam o tráfico de drogas em Belo Horizonte e Contagem, na região metropolitana, motivou uma operação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). A investigação indica que ao menos 28 pessoas foram mortas nos confrontos entre as duas facções de julho de 2022 até março deste ano – isto é, foram cerca de três assassinatos por mês. A operação chamada Pax Vobis – referência à saudação que os bispos proferem nas missas, que significa “a paz esteja convosco” – cumpre, na manhã desta terça-feira (3 de outubro), 18 mandados de prisão e 24 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juízo da 1ª Vara de Tóxicos, Organização Criminosa e Lavagem de Bens e Valores de Belo Horizonte.

As facções que disputam o controle do tráfico de drogas são da região do Barreiro, em BH, e dos bairros Joana D’Arc e Vila da Paz, em Contagem, mas as forças de segurança estão percorrendo, também, outras cidades, como Ibirité, Pedro Leopoldo, Lagoa Santa, São Gonçalo do Pará e Viçosa. Segundo o MPMG, a investigação provou que os grupos são muito estruturados e exploravam o tráfico em diversos pontos da Grande BH. 

Participaram da operação Pax Vobis um promotor de Justiça de Minas Gerais, cinco servidores do Ministério Público de Minas Gerais, 242 policiais militares e 11 policiais penais do Estado, tendo em vista que alguns alvos da operação já se encontram presos por outros crimes.

Rebelião em Penitenciária de Teófilo Otoni Resulta em Fugas e Clima de Tensão

 🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨🚨 👮🏻 ```Grupo Cabo Nathan Rodrigues Informa:```  *PÕEM NA TELA 🖥 QUE DÁ TRABALHO PRA FAZER!!!* ➖➖➖➖➖➖➖➖➖ 💻 _Acesse e e...