sexta-feira, 20 de outubro de 2023

Dois cromes em uma semana

 A Polícia Civil confirmou que o homem de 34 anos, suspeito de matar um sargento após uma briga de trânsito, foi identificado como o autor da agressão a uma cantora de 25 anos durante um evento na região da Pampulha. A jovem teria sido agredida ao defender uma amiga que estava sendo assediada. A investigação apontou essa possibilidade após denúncias de vizinhos e pessoas próximas do suspeito. O crime ocorreu no último fim de semana e a denúncia chegou à Polícia Civil, que iniciou as investigações. A delegada Iara França confirmou que essa hipótese estava sendo apurada e a informação será divulgada para a imprensa em uma coletiva ainda hoje. O suspeito foi preso na quarta-feira, escondido na Ocupação Dandara, junto com dois membros de uma torcida organizada do Cruzeiro. A dupla assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberada. Mais detalhes serão fornecidos pela Polícia Civil durante a coletiva de imprensa.

A verdadeira casta de privilegiados que ocupa cargo público sem concurso e até mesmo sem competência e MAMA no dinheiro público...

 A verdadeira casta de privilegiados que ocupa cargo público sem concurso e até mesmo sem competência e MAMA no dinheiro público... https://...