domingo, 17 de setembro de 2023

 17/09/2023 às 10:53



Conhecido como 'Gordinho', Felipe Augusto Rodrigues Silva foi detido no Rio com identidade falsa


Felipe Augusto Rodrigues Silva, o Gordinho, foi identificado no Rio de Janeiro na sexta-feira (15) passada. Ele é um dos assassinos do Policial Militar Vanderly Geraldo Reis, morto em 2016, em Sete Lagoas, na região Central de Minas Gerais, e um dos criminosos mais procurados do estado mineiro. No Rio, onde tem passagem por roubo, ele se identificava como Gabriel. 


Felipe está preso no Complexo Penitenciário de Gericinó, na capital carioca. Ele integra uma facção criminosa paulista e também possui condenação por roubo na Comarca de Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Para driblar a polícia, Felipe fez o que se chama no mundo do crime “nascer de novo”, ou seja, ele usava documentos falsos para não ser identificado. Em seu documento, que teria sido expedido em São Paulo, constava o nome de Gabriel Marias de Santa Rita. 


No entanto, após laudo datiloscópico emitido pelo Instituto de Identificação da Polícia Civil de Minas Gerais, onde as impressões digitais foram comparadas, comprovou-se que Gabriel e Felipe são a mesma pessoa. 


A partir da constatação, o Centro de Apoio Operacional das Promotorias Criminais de Minas Gerais (CAOCRIM) solicitou a prisão de Felipe às autoridades do Rio de Janeiro. 


Investigação 


Desde o dia 17 de novembro, Felipe se encontrava detido no Presídio Pedro Mello da Silva, em Gericinó, por roubo no Rio. Após denúncia via Ouvidoria, os policiais civis que integravam o Serviço de Informação e Inteligência passaram a investigar o caso. 

Nas apurações, eles conseguiram as digitais que deram origem às carteiras de identidade de Felipe e Gabriel, com o intercâmbio de informações com os Ministérios Públicos do Rio de Janeiro e São Paulo.


Nas apurações, eles conseguiram as digitais que deram origem às carteiras de identidade de Felipe e Gabriel, com o intercâmbio de informações com os Ministérios Públicos do Rio de Janeiro e São Paulo.


Relembre o crime


O sargento da Polícia Militar Vanderly Geraldo dos Reis, de 48 anos, foi morto dentro de casa na frente da esposa e do filho. Ele foi surpreendido por volta de 12h do dia 10 de março de 2016 na Rua Virgínia Viana de Paula, no bairro Iporanga, em Sete Lagoas. Ele estava fardado almoçando com a esposa e o filho, que tinha 10 anos à época.Ele foi abordado no momento em que acompanhava um entregador de água mineral até a porta. Na ocasião, o grupo anunciou o assalto e, em certo momento, o policial entrou em luta corporal com um deles, mas morreu ao ser baleado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Que a amizade, a união e a camaradagem sejam sempre fortes entre vocês. Que vocês encontrem sempre apoio e força uns nos outros. Parabéns pelo Dia do Amigo! #DiaDoAmigo #SegurançaPública #Homenagem #gratidao #blog #blogdarenata #blogdarenatapimenta

  Que a amizade, a união e a camaradagem sejam sempre fortes entre vocês. Que vocês encontrem sempre apoio e força uns nos outros. Parabéns ...