quarta-feira, 7 de junho de 2023

reajuste de 17,42% no piso salarial dos servidores públicos paulistas.

O governador Tarcísio de Freitas, do estado de São Paulo, encaminhou à Assembleia Legislativa (Alesp) uma proposta de reajuste de 17,42% no piso salarial dos servidores públicos paulistas.


O projeto, que beneficia funcionários de secretarias de governo, autarquias, Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e Controladoria-Geral do Estado (CGE), foi enviado para tramitação em regime de urgência e deve ser discutido ainda nesta semana.


Aumento salarial dos servidores públicos garantirá remuneração mínima


 recebem menos de R$ 1.162,50 em jornada comum e menos de R$ 775 para jornada parcial.

Proposta de lei complementar e impacto financeiro

O projeto de lei complementar foi entregue à Alesp na última quinta-feira (1°). Segundo o governo, o reajuste terá um impacto financeiro anual de aproximadamente R$ 274,1 milhões, mas esses valores já estão previstos no orçamento de 2023.

Anuncios

Essa medida faz parte de uma série de reajustes prometidos por Tarcísio para diversas categorias de servidores estaduais. No mês passado, o governador sancionou uma lei que estabeleceu o novo salário mínimo paulista em R$ 1.550, superando o piso salarial federal, que foi fixado em R$ 1.320 a partir de 1º de maio.

Além disso, o governo também conseguiu aprovar o reajuste salarial para os policiais, embora essa aprovação tenha causado desgaste na base governista da assembleia e levado Tarcísio a admitir falhas na articulação política com os parlamentares.

Com essa nova proposta de reajuste salarial para os servidores públicos, o governo busca equalizar a remuneração desses profissionais e garantir uma valorização justa aos serviços prestados à população paulista.

  Joaquim José da Silva Xavier, conhecido como Tiradentes, foi uma figura importante na história do Brasil. Ele foi um dos líderes da Inconf...