quarta-feira, 28 de junho de 2023

 


O governador Romeu Zema (Novo) tenta, junto aos deputados estaduais de Minas Gerais, autorização para contrair empréstimo de até R$ 1 bilhão — aproximadamente US$ 200 milhões — junto ao Novo Banco de Desenvolvimento (NBD). A instituição, conhecida como banco dos Brics, é presidida pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

A proposta de empréstimo está sob análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, que pode votá-la nesta quarta-feira (27), em primeiro turno. O objetivo é captar recursos suficientes para permitir a abertura de linhas de crédito a empresas e prefeituras no setor de infraestrutura.

Se a ideia receber o aval do Legislativo, os recursos do NDB seriam entregues ao Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), que ficaria responsável por regular os repasses. O governo trabalha para estruturar, no BDMG, uma linha de crédito com taxas de juros mais baixas, carência de quatro anos e empréstimo com prazo total de 25 anos.



https://www.itatiaia.com.br/editorias/politica/2023/06/28/zema-tenta-emprestimo-de-r-1-bilhao-junto-a-banco-presidido-por-dilma

  Um policial militar, de 40 anos, foi baleado durante uma abordagem na madrugada desta sexta-feira (12/4), no Bairro Nova Pampulha, em Vesp...