terça-feira, 16 de maio de 2023

 




Um policial militar veterano fardado foi detido após tentar pagar um programa sexual com um queijo, ameaçar a garota de programa, empurrar o segurança e ser contido por funcionários do estabelecimento. O caso aconteceu em uma casa de prostituição do centro de Belo Horizonte, nesta segunda-feira (15 de maio). 

De acordo com o boletim de ocorrência, a garota de programa contou que o policial chegou fardado em seu quarto e disse que queria uma hora. A mulher disse que custava R$ 200 e os dois deram início ao programa. No fim do serviço, o policial colocou um queijo e um celular sobre a cama da prostituta e disse que seria o pagamento. Ela discordou e teria ouvido do militar: “você vai folgar, sou polícia”. 

Ainda segundo o boletim de ocorrência, a vítima ficou com medo e disse que ele não precisava pagar. Quando o militar saiu, ela gritou que ele não queria pagar e as outras garotas de programa começaram a gritar “pega, pega”, 

O policial saiu correndo e empurrou o segurança da casa de prostituição. No entanto, os funcionários correram atrás dele e o seguraram. As pessoas que viram a cena acionaram a Polícia Militar, que encontrou o suspeito sendo segurado na esquina das ruas Carijós e Curitiba, no hipercentro da capital.

O militar não poderia usar a farda fora do horário de serviço, como determina a legislação. A ocorrência foi registrada para providências posteriores. 
A reportagem de O Tempo procurou a Polícia Militar e aguarda retorno sobre o que foi feito em relação ao Militar.

efsd_pmmg Primeira palestra dirigida aos pais dos discentes da Curso de Formação de Soldados 2024. A palestra teve como objetivo esclarecer dúvidas sobre a rotina acadêmica do Curso, POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS, 248 ANOS COMPROMISSO COM A SEGURANÇA

 efsd_pmmg Primeira palestra dirigida aos pais dos discentes da Curso de Formação de Soldados 2024. A palestra teve como objetivo esclarecer...