segunda-feira, 15 de maio de 2023

PENDURANDO O COTURNO

 


Queridos amigos, 


No mês de abril, foi publicada, no Diário Oficial do Estado de MG, a minha aposentadoria.


Ingressei na PMMG aos 19 anos, na cidade de Montes Claros, no 10º Batalhão. Então, ao concluir os nove meses do curso de formação, fui declarado pronto para a missão policial. 


Durante a minha jornada de 30 anos no serviço policial, servi na cidade de Montes Claros, Taiobeiras, São João do Pacuí, Inhaúma, Sete Lagoas e em Funilândia, onde encerro a minha carreira de policial da ativa. 


Só tenho a agradecer a Deus por me sustentar, e por ter me mantido firme durante essas três décadas na missão de servir e proteger a sociedade. 


Paralelo ao atendimento comunitário como policial, fui instrutor do Proerd (Programa Educacional de Resistência as Drogas) por 15 anos. Durante essa atividade nas escolas, percebi o grande valor e o significado da palavra PREVENÇÃO. Foi uma honra desenvolver esse programa com as milhares de crianças e adolescentes. Com eles, aprendi mais que ensinei. 


A minha gratidão é a Deus, à minha família (minha mãe e à memória do meu pai), à instituição PMMG, ao 10º Bpm, ao 25º Bpm, ao Proerd, aos policiais militares que estiveram comigo nessa caminhada, também aos moradores dos municípios de Montes Claros, Taiobeiras, São João do Pacuí, Sete Lagoas, Inhaúma e Funilândia.


Agradeço de forma especial à minha esposa Rosangela, amor da minha vida. Junto com Deus, ela é a luz do meu caminho, é a pessoa que caminhou comigo, e continua a caminhar; que, devido à profissão, precisou compreender a minha ausência nas principais datas festivas do ano; que presenciou o Soldado Marcones evoluir profissionalmente para Cabo, 3º Sargento, 2º Sargento e agora, 1º sargento. O seu esposo está de volta, amor meu.


O Sol escaldante e a alta temperatura sobre a minha farda na maioria dos dias do ano, a noite e a madrugada fria, as chuvas, a lama, a poeira, os empenhos da central 190 (Copom) me tornaram forte. Viver sobre pressão me tornou mais resiliente, e a sensação que tenho agora é a do dever cumprido.


Um ciclo se encerra, e um novo começa: agora, Sargento Marcones, amigo da escola.


Gratidão a todos.

PROTEÇÃO AUTOMOTIVA

  PROTEÇÃO AUTOMOTIVA https://gramclube.com.br/cotacao?in=ArzKzvEj