terça-feira, 28 de março de 2023

 

Com reajuste, Zema passaria do menor para o segundo maior salário de governador do Brasil; veja os valores

Chefe do Executivo de Minas Gerais saiu em defesa de projeto de lei que prevê o aumento de quase 300% de sua remuneração

Por Jan Niklas e Luã Marinatto

 


Caso seja aprovado o projeto de lei que prevê reajuste em quase 300% de seu salário, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), terá o segundo maior salário entre os chefes dos executivos estaduais do país. Ele ficará atrás apenas do governador do Sergipe Fábio Mitidieri (PSD), que lidera o ranking.


O projeto apresentado na Assembleia Legislativa de Minas Gerais a pedido de Zema prevê que o seu salário passe dos atuais R$ 10,5 mil para R$ 41,8 mil. O aumento será escalonado, em três anos: R$ 37,5 mil a partir de 1º de abril; R$ 39,7 mil em fevereiro de 2024; e R$ 41,8 mil em fevereiro de 2025.

Veja o salário dos governadores em ordem decrescente


Já em Sergipe — menor estado do Brasil — um aumento aprovado no fim do ano passado prevê que Mitidieri passe a receber R$ 41,6 mil em 1º de abril; subindo para R$ 44 mil em 1º de fevereiro de 2024; e R$ 46,3 mil em fevereiro de 2025.

Recentemente outros governadores tiveram suas remunerações incrementadas. No fim do ano passado a Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou um aumento de 50% no salário do chefe do executivo. Dessa forma, o salário pago a Tarcísio de Freitas (Republicanos) foi reajustado de R$ 23 mil para R$ 34,5 mil.





*O ANO QUE NÃO PODE SER ESQUECIDO: MOVIMENTO REIVINDICATÓRIO DE 1997 COMPLETA 27 ANOS*

 *O ANO QUE NÃO PODE SER ESQUECIDO: MOVIMENTO REIVINDICATÓRIO DE 1997 COMPLETA 27 ANOS* 👏Parabéns Guerreiros de 97 Há exatos 27 anos teve i...