sexta-feira, 24 de fevereiro de 2023

 


jornaldiarioteo

 

Uma simples conversão à esquerda poderia ter acabado em tiroteio na madrugada desta sexta-feira (24) em um dos principais cruzamentos do centro de Teófilo Otoni, entre as avenidas Visconde do Rio Branco e a Getúlio Vargas.


A ocorrência envolveu dois policiais, um sargento da PM e um policial penal. O @jornaldiarioteo teve acesso ao teor do atrito entre os dois profissionais da segurança pública.

Segundo consta, um policial penal de Itambacuri vinha pela Visconde do Rio Branco dirigindo um automóvel Hyundai por volta das 1h45 da madrugada. Ao tentar convergir à esquerda para a Getúlio Vargas, ele avançou pela faixa de pedestre e parou, aguardando o fluxo de veículos da pista oposta. Com isso, ele atrapalhou pedestres que passavam pela faixa, visto que o automóvel ficou prostado na faixa de pedestres.

De acordo o Boletim de Ocorrência sobre o caso, o policial penal disse que precisou fazer esse movimento porque o semáforo estava piscando no amarelo, e ele não conseguia ver os carros que vinham pela Getúlio Vargas, necessitando ter campo de visão.

Ainda de acordo com o policial penal, vários pedestres atravessaram a via, porém um homem parou na frente do seu veículo e o encarou. Este reclamava que a filha não estava conseguindo atravessar a via, porque o carro a estava atrapalhando. Em ato contínuo o homem sacou uma arma da cintura e se abrigou atrás do poste no cruzamento e passou a verbalizar com ele.

Nesse momento o policial penal abriu a porta, saiu do carro e sacou uma pistola, abrigando-se em seguida. Ambos tiveram uma discussão, no que o motorista se identificou.

Segundo o BO, o policial penal conseguiu controlar os ânimos, no que o homem atrás do poste também se identificou como um sargento da PM.

Neste momento 3 viaturas haviam se deslocado para o local. Ao chegarem ao cruzamento a situação já havia sido controlada pelos próprios envolvidos, sendo descrita como atrito verbal.

#jornaldiarioteo

  Um jovem de 23 anos foi condenado, nessa quinta-feira (16 de maio), a 14 anos de prisão por tentar atropelar cinco policiais, em Viçosa, n...